Nosso blog

Breve introdução ao growth hacking

Você sabe como o growth hacking pode ajudar sua empresa a crescer? Descubra aqui!




Ao longo dos últimos anos, você já deve ter ouvido o termo growth hacker ao seu redor, mas o que exatamente é growth hacking e como ele é diferente do velho marketing?

Aqui estão as respostas para algumas de suas dúvidas.

1. O que é growth hacking?

O growth hacking parece ser mais do que um daqueles clichês do Vale do Silício que você vê nascer a cada duas semanas.

Os growth hackers, muitas vezes (mas nem sempre) se sentam em uma posição única, no cruzamento entre os dados (análise estatística e programação) e o marketing.

Ao falar com o escritor de MakeUseOf, Matthew Hughes, sobre a sua compreensão do termo, ele disse que growth hacking é um processo para atrair usuários, tendo um olhar analítico entre plataforma, marketing e os usuários.

2. Como o growth hacking se difere do marketing?

Se você tem lido sobre isso online, você provavelmente sabe que este é o lugar onde o debate real reside.

As comunidades online batalham sobre esta questão sem descanso mas, no entanto, parece que há uma diferença entre os profissionais de marketing e os growth hackers, embora essa linha possa ser um pouco turva.

O marketing pode ser focado no redirecionamento, mudança da percepção pública, melhorando o conhecimento da marca, etc. Nenhum desses focos é explicitamente sobre crescimento.

O growth hacking, por outro lado, explicitamente gira em torno do crescimento de uma empresa, quer seja através da melhoria/mudança da mensagem de marketing, o produto ou a experiência do usuário.

O objetivo final é, na maioria das vezes, o crescimento no número de usuários dedicados em um determinado produto.

Se você considerar o crescimento e o foco na construção rápida de determinadas métricas dentro de uma empresa, você verá que o growth hacking se manifesta mais para as startups, em vez de grandes corporações.

As empresas estão em busca de crescimento rápido, mas sem o custo elevado que uma campanha de marketing mais tradicional pode incorrer.

É aqui que a palavra hack entra. Os growth hackers procuram atalhos, rotas alternativas ou caminhos completamente novos para chegar a esses números de alto crescimento, acrescentando uma dimensão extra de criatividade e curiosidade na mistura.

3. Que tipo de tática que estamos falando?

É impossível resumir isso para você de forma rápida ou facilmente. Toda a premissa do growth hacking significa que as táticas utilizadas por uma empresa não são necessariamente replicáveis por outra.

Quando a Dropbox assegurou que tanto a indicação quanto a pessoa receberia benefícios, ao invés de uma situação normal em que os benefícios são reservados exclusivamente para a pessoa que faz a indicação, ajudou a garantir que os cadastros disparassem com sucesso.

Outro exemplo de sucesso é Buzzfeed, uma empresa que ajusta suas manchetes, textos e imagens em tempo real para ver o que vai aumentar o compartilhamento.

Como uma espécie de teste A/B, mas há várias variáveis que estão sendo alteradas simultaneamente e em tempo real. Os resultados falam por si.

Você está pronto para começar?


O pensamento em torno do termo growth hacking foi (e muitas vezes ainda é) confundido com outros aspectos do marketing, promoção e construção de um negócio.

Ele parece ter o seu próprio conjunto de habilidades específicas que define esse papel para além de outras posições.

Isso é, obviamente, um papel ainda em desenvolvimento, no entanto, com as ferramentas e métodos disponíveis ao alcance dos growth hackers, o futuro parece muito emocionante para quem embarca nessa carreira.

comentários via Disqus