Nosso blog

Voto pela Internet continua a ser demasiado inseguro

Como impulso para a votação online, as autoridades eleitorais devem olhar para a transparência "end-to-end".

Um esforço para permitir a votação pela Internet nas eleições está crescendo junto com avanços na tecnologia subjacente, mas os sistemas ainda não são seguros o suficiente para os usar com relativa certeza de que as contagens de votos serão precisas, de acordo com um novo relatório encomendado pela U.S. Vote Foundation.


Ilustração do processo de votação


As autoridades eleitorais que considerem a votação pela Internet devem estar prontas para desenvolver um sistema de votação verificável "end-to-end", que permitiria aos eleitores verificarem que o sistema registou corretamente o seu voto, que ele incluiu o seu voto na contagem final e validar duplamente os resultados das eleições.

Segundo o documento, divulgado na passada sexta-feira, um sistema de votação E2E-VIV (de "end-to-end verifiable Internet voting") será difícil de desenvolver mas um tal sistema deve ser transparente, utilizável e seguro.

comentários via Disqus