Nosso blog

Mangueira lança App para organizar seu desfile no carnaval

O Rio de Janeiro já está aquecendo os motores para o Carnaval e a escola de samba Estação Primeira de Mangueira decidiu se preparar lançando um aplicativo para mobile que, entre outras coisas, servirá para coordenar os mais de 4.000 integrantes que desfilarão pelo Sambódromo.


Passista da Mangueira durante o desfile


Desfilar com todas as honras pela avenida Marquês de Sapucaí - o nome real do Sambódromo - é o momento mais esperado do ano para qualquer escola de samba, e não pode deixar margem para improvisos. Neste caso, o app servirá para que todas as alas, blocos que compõem um desfile, atravessem de maneira harmoniosa.

No último carnaval a Mangueira já utilizou o aplicativo de maneira preliminar. Enquanto a escola entrava na avenida com seus carros alegóricos, os espectadores recebiam informação em tempo real em seu smartphone, referentes ao significado de cada fantasia e a temática escolhida. Os que iriam desfilar podiam confirmar na última hora sua posição exata.

"De dez anos para cá, as escolas de samba estão investindo cada vez mais em tecnologia. Mas vimos que esta tecnologia estava mais limitada ao desfile em si, nos carros alegóricos, por exemplo. Aí decidimos ir além: levar a inovação para a escola de samba, para os componentes, para os fãs", explicou em entrevista a Notimérica Marco Aurélio, diretor-geral da Go2web, empresa que desenvolveu o aplicativo.

O app também serviu para escolher o samba enredo, tema sobre o qual vai girar o Carnaval 2015, que finalmente estará dedicado a exaltar a mulher brasileira. Inclusive com uma rádio com clássicos do samba, uma seção de notícias e uma agenda cultural.

Além disso, em breve terá uma pequena rede social que permita interatividade entre os moradores do Morro da Mangueira, e que ajude a criar um sentimento de pertencimento. A ideia é que em torno de 40 projetos sociais que atuam na comunidade possam usar a plataforma para divulgar seu trabalho, captar doações, atrair voluntários, etc.

Tradição e Modernidade

Mangueira está sendo a primeira escola de samba do Rio de Janeiro a contar com um aplicativo oficial, e Marco Aurélio considera que isto ajudará a romper o estigma de que é uma escola muito tradicional: "A escola tem muito orgulho de sua raiz e sua tradição, porém não é sinônimo de atraso ou de medo a inovação", comenta.

A Estação Primeira de Mangueira foi fundada em 1928 pelos sambistas Carlos Cachaça, Cartola e Zé Espinguela, entre outros. A chamaram assim porque era a primeira estão de trem depois da Central do Brasil em que havia samba. Com suas cores verde e rosa, foi proclamada campeã do carnaval carioca em 18 ocasiões.

De forma paralela a evolução de sua história, o Brasil tem se convertido em um dos países líderes no uso de smartphones, com mais de 65 milhões de usuários, sendo que um terço deste os utilizam como principal meio de acesso à Internet. Muitos destes usuários vivem em favelas como a do Morro da Mangueira, que agora é pioneira em levar a revolução mobile ao carnaval mais famoso do mundo.

Versão original em espanhol: Europa Press.

comentários via Disqus