Nosso blog

Clipping: Prefeitura do Rio vai monitorar carnaval de rua em tempo real. Aluizio Freire (G1), 11 de fevereiro de 2011.

Objetivo é controlar movimentação de todos os blocos durante os desfiles.
Planejamento prevê aumento de banheiros químicos e esquema de limpeza.

Um esquema de monitoramento vai acompanhar o trajeto dos 424 blocos inscritos na prefeitura durante os desfiles de carnaval de rua deste ano. O mapeamento, que será acompanhado pelo Centro de Operações Rio, vai permitir até a localização das 13 mil posições dos banheiros químicos que serão distribuídos na cidade - ano passado foram 4.600 posições - para atender aos 3 milhões de foliões esperados para o carnaval.

"Com o mapeamento, poderemos acompanhar a movimentação de todos os blocos e ter informações sobre o trajeto, permitindo que tudo seja acompanhado através do Centro de Operações. Fizemos um planejamento, a partir das informações dos blocos, e agora podemos definir o número de equipes que vai trabalhar em cada órgão", explica o secretário de Turismo e presidente da Riotur, Antonio Pedro Figueira de Mello.

Serão montadas ilhas com banheiros masculinos e femininos com pessoas escaladas para fazer a limpeza e monitorar o funcionamento dos equipamentos.

"No ano passado tivemos muitos equipamentos depredados. A gente espera que agora, com esse controle, o problema seja minimizado", disse Antonio Pedro.

O planejamento contou com a participação de pelo menos três grandes empresas, que patrocinam o evento. Serão montados 7.400 banheiros químicos - 1.000 a mais do que o previsto -, além de 40 contêineres sanitários (espaços com pelo menos sete banheiros), totalizando 13 mil posições na cidade.

O projeto prevê 800 diárias de controladores de tráfego, 50 faixas indicativas de interdição de ruas, 250 galhardetes de proibição de estacionamentos e três painéis de informação eletrônica.

A Comlurb vai trabalhar com 800 homens, e a CET-Rio vai contar com 400 operadores de trânsito durante os desfiles dos blocos.

"O Centro de Operações dará um grande apoio de tecnologia e logística", disse o secretário municipal de Conservação e Serviços Públicos, Carlos Roberto Osório, que anunciou também a operação de um "Carro espião", que terá instalado uma câmera de 360º , além de uma "Mochila vigilante", também com câmera, para passar informações em tempo real ao centro de controle. Em caso de irregularidades flagradas, equipes da Guarda Municipal serão acionadas.


A Comlurb dividiu os blocos de rua em categorias, pelo tamanho e tipo de estrutura, para definir a operação de limpeza até a dispersão, quando o bloco termina, e faz o arrastão de limpeza.

comentários via Disqus